Carrinho

Edição N.º8

Editores

António Ramos Pires, Instituto Politécnico de Setúbal, Portugal

Margarida Saraiva, Universidade de Évora, Portugal

Álvaro Rosa, ISCTE-IUL, Portugal

A implementação de sistemas de gestão da qualidade de acordo com a norma ISO 9001 tem acontecido de forma generalizada em todo o mundo. As motivações, benefícios e dificuldades têm sido objeto de muitas investigações também em muitos países e regiões. Apesar de a maioria destas apontar para balanços positivos, também é verdade que algumas não os corroboram. Outros estudos levantam outro tipo de questões relacionadas com a forma como os sistemas são concebidos e mesmo sobre a sua bondade. O quadro descrito levanta a necessidade de mais investigação que incorpore mais variáveis explicativas dos sucessos e dos insucessos. Muitos autores mostram preocupações com a quebra de popularidade dos sistemas, certamente por razões de contexto, mas também porque os benefícios não surgem quantificados em termos dos contributos para a produtividade e a competitividade.
Assim, os esforços da investigação poderiam também incidir sobre outras dimensões
como as abordagens da consultoria, que parece nem sempre levam em conta que os
requisitos da norma ISO 9001 são elementares, e que estes necessitam de ser integrados nas estratégias empresariais. A própria integração de sistemas deveria ser uma contribuição para a integração dos processos do negócio.
A saturação dos mercados de certificação em alguns países pode ser outra dimensão de análise, tendo em conta o crescimento significativo noutros países com a China.
Este número oferece importantes trabalhos relacionados com os sistemas de gestão da qualidade, na perspetiva da sua integração com sistemas de gestão ambiental.
A transição dos sistemas certificados com base nas normas ISO 9001 e 14001, para a
versão de 2015, tem vindo a ocorrer, estando o seu término estabelecido para setembro de 2018, o que releva a oportunidade destes artigos, onde são caracterizados desafios, barreiras e benefícios.
Os custos relacionados com o ambiente em empresas com sistemas baseados na norma ISO 14001 levantam o problema-chave do seu contributo para a competitividade. Os sistemas da qualidade nas IPSS com base no referencial EQUASS constituem outra área relevante, quer pela natureza da economia social, quer pela novidade do estudo, abrindo boas perspetivas de investigação futura. Numa outra área, é proposta uma abordagem para a integração das abordagens lean com
os sistemas baseados na ISO 9001, tema cada vez mais importante face à necessidade de compatibilizar resultados mais de curto prazo com outros de mais médio prazo. Os clientes internos e a sua satisfação resulta reforçada na versão 2015 da norma ISO 9001, agora de forma mais formal ao nível da identificação das necessidades e expectativas das partes interessadas e dos seus requisitos a que a organização se obriga. A gestão das expectativas dos colaboradores tem efeitos nas suas motivações e no seu comprometimento organizacional, situação estudada num outro artigo numa empresa farmacêutica.
Continuamos empenhados em melhorar o site que acolhe a TMQ, nomeadamente na
informação aos utilizadores, na aquisição de artigos e da revista na sua totalidade. O ano de 2018 trará novas funcionalidades. O mesmo site disponibiliza já 26 anos da Revista Qualidade, aumentando o conjunto da informação disponível, como já tínhamos anunciado. Continuamos a alojar mais Revistas e Atas de eventos científicos.
Renovamos os nossos votos para que esta iniciativa editorial contribua para um maior
contacto entre os investigadores e os profissionais dos espaços das línguas Portuguesa e Espanhola. Para terminar, não poderíamos deixar de agradecer a todos os autores que tornaram possível este número. E um especial agradecimento aos revisores pela sua colaboração e apoio.

Nota Final: Sendo a TMQ uma revista em formato digital, relembramos que os autores
podem enviar os seus abstracts ou propostas de comunicação de forma permanente (ver instruções para publicação em www.publicacoes.riqual.org), não necessitando de esperar pelos Calls for Papers.

O Editor Coordenador
António Ramos Pires

Lista de Revisores:

Álvaro Rosa, ISCTE-IUL, Portugal
António Ramos Pires, Instituto Politécnico de Setúbal, Portugal
Fátima Jorge, Universidade de Évora, Portugal
José Alvarez Garcia, Universidad da Extremadura, Espanha
Joaquim Silva Ribeiro, Instituto Politécnico de Setúbal, Portugal
Luís Mendes, Universidade da Beira Interior, Portugal
Margarida Saraiva, Universidade de Évora, Portugal
Maria de la Cruz del Rio-Rama, Universidad de Vigo, Espanha

Lista de Autores:

Alexandre Silva, Coimbra Business School – ISCAC
Ana Raquel Ventura dos Santos Serralheiro, Coimbra Business School – ISCAC
António Ramos Pires, UNIDEMI-New University of Lisbon and Polytechnic Institute of Setúbal 
Cristiana Teixeira, Universidade de Aveiro 
Elsa Bernardo Costa, CGD
Fátima Jorge, Universidade de Évora
Filipe Carvalho, Instituto Politécnico do Cávado e do Ave
Georgina Morais, Coimbra Business School – ISCAC
Gilberto Santos, Instituto Politécnico do Cávado e do Ave 
Joaquim Gonçalves, Instituto Politécnico do Cávado e do Ave 
Jorge Casas Novas, University of Évora and BRU-UNIDE/ISCTE-IUL 
Luísa Morgado, CIICESI, ESTG-P.Porto, Felgueiras (Portugal)
Margarida Saraiva, University of Évora and BRU-UNIDE/ISCTE-IUL
Maria João Rosa, Universidade de Aveiro
Marina Garcia Bonito 
Osvaldo Ferreira, University of Évora and BRU-UNIDE/ISCTE-IUL
Ricardo Monteiro Camacho, FCT, Universidade Nova de Lisboa 
Rogério Puga-Leal, FCT, Universidade Nova de Lisboa 
Sara Romeiro, Universidade de Évora 
Sílvia Vaz, CIICESI, ESTG-P.Porto, Felgueiras (Portugal) 
Teresa Eugénio, Instituto Politécnico de Leiria 
Vanda Lima, CIICESI, ESTG-P.Porto, Felgueiras (Portugal)

Editorial Board:

Álvaro Rosa, ISCTE-IUL, Portugal
Luís Lourenço, Universidade da Beira Interior, Portugal
Margarida Saraiva, Universidade de Évora, Portugal
Paulo Sampaio, Universidade do Minho, Portugal
Patrícia Moura e Sá, Universidade de Coimbra, Portugal

Título: TMQ – Techniques, Methodologies and Quality – Edição N.o 8

© RIQUA – Rede de Investigadores da Qualidade

Capa: Tiago Alves

Lisboa, 2017

ISSN: 2183-0940

e-mail: info@riqual.org

www.riqual.org