Carrinho

MANUAL PRÁTICO DE GESTÃO

MANUAL PRÁTICO DE GESTÃO

Autor

Alfredo Azevedo

Com esta publicação pretende-se lançar um simples contributo para o desenvolvimento dos Sistemas de Gestão. Para atingir tal desiderato pesquisamos bibliografia extensa sobre a matéria em apreço e muito gostaríamos que o “output deste processo” levasse aos Leitores tópicos para um melhor entendimento e prática da Gestão das Organizações, públicas ou privadas. A elaboração deste Livro tem como objetivo principal o desenvolvimento de bases, suportes e exemplos para que o Leitor tenha a possibilidade de desenhar e melhorar um Modelo de Gestão para a sua Organização, para o seu Negócio, para a sua Atividade. 350 páginas de textos e exemplos de Gestão (Liderança, Estratégia, Gestão por Processos, Inovação, Mudança, Melhoria Contínua, Controlo de Gestão, Marketing, Reengenharia de Processos, Responsabilidade Social,…). Exemplos da banca, indústria, serviços, saúde, IPSS, setor automóvel e aeronáutico, ensino superior,… 11 autores compilaram e produziram os textos, indicando também adequada bibliografia. Os textos pretendem municiar o Leitor com exemplos práticos.

Útil para Gestores, Diretores e Quadros superiores e técnicos.

01 Liderança

02 Planeamento Estratégico

03 Desenvolvimento de Gestão por Processos

04 Marketing

05 Gestão da Inovação

06 Monitorização do Negócio vs Controlo de Gestão

07 Balanced Scorecard

08 Gestão da Mudança

09 Reengenharia de Processos

10 Responsabilidade Social

11 Melhorias Contínuas

12 Sistemas de Gestão Integrados

13 Melhorias na Gestão de Instituições da Economia Social

– Licenciado em Engenharia Química Industrial pela FEUP e Pós-Graduação em Gestão Industrial pelo IESE (1979)

– Curso de “Direção e Gestão de Empresas” (1987)

– Managing partner da Iberogestão

– Membro da Ordem dos Engenheiros

– Membro da APQ – Associação Portuguesa da Qualidade

– Membro dos órgãos sociais da AFIA – Associação dos Fabricantes da Indústria Automóvel

– Assessor do PEX – Prémio de Excelência – modelo EFQM – European Organization for Qualit Management

– Participação em eventos e fóruns do Conhecimento

– Iniciou a sua atividade profissional em funções nas áreas comerciais, industriais e de gestão nos setores extrativo, da madeira e da cortiça; passou seguidamente pela Molaflex e Bertrand Faure – hoje Faurecia, multinacional de componentes para automóvel – onde desempenhou funções de direção e gestão

– Desde 1985 na área da consultoria – estratégia, gestão e sistemas – tendo coordenado e executado projetos em diversas empresas e setores de atividade – Faurecia, PT Inovação, Secil, Grupo Sonae – MDS, Leica, Millennium bcp, Câmaras Municipais, Administração Pública Central, Johnson Controls, Bial, Vodafone, Grupo Amorim, Grupo Banif – Açoreana, Grupo Violas, Anacom, Philips, Spal, Sogrape, Pioneer, Lear Corporation, Grupo Trivalor, Hovione, AdP-AdSA, APA, Bi-silque, Empresas e Governo de Cabo Verde, APDL, Critical Software, SIBS, Simoldes, Grohe, BA Vidros, Couro Azul, ESTHE, ISAG, AD&C, STCP, Metro do Porto,…

– Presença e conferencista em reuniões empresariais – AFIA, CTIC, UTAD, APCOR, BVC, Inteli

– Especialista em Process Management e Sistemas de Avaliação de Desempenho

– Orador e palestrante convidado por entidades públicas e privadas

– Autor de várias publicações sobre Gestão, Process Management, Sistemas de Gestão e organização na Administração Pública

– Membro da Comissão Técnica de normalização – CT213 da ISO/APQ – “Governance das Organizações” e membro da Subcomissão responsável pelo âmbito da “Compliance Anticorrupção” – norma ISO 37001:2016 -.

Manual Prático de Gestão

Emissão: Iberogestão – Gestão Integrada e Tecnológica, Lda

Edição Nº 1, julho 2014

Coordenação e Elaboração: Alfredo Azevedo | Iberogestão

AEP (2009).Q3- Qualificar o 3º setor- Parceria, Projeto e Modelo de Intervenção. 1ª Ed., AEP, Porto

Bilhim, J. (2005). Teoria Organizacional: estruturas e pessoas. 4ª Ed. Lisboa, Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas.

Fernandes, E. (2012). Estruturas Organizacionais. Manual da Disciplina de Fundamentos do Comportamento Organizacional, do MGRH, EEG, UMinho.

INE (2012). Conta satélite da Economia Social: 2010 Resultados preliminares. Disponível em WWW.INE.PT

Mintzberg, H. (1999). Estrutura e Dinãmica das Organizações. 2ª Ed.Publicações D. Quixote, Lisboa.

Correia, João Carlos (2003) Estado, Sociedade Civil e Serviço Social, Intervenção Social, nº28, p.99-113

FOSTERWALDER, Alexander; PIGNEUR, Yves et. al. (2010). Criar Modelos de Negócio. Alfragide: Dom Quixote. Titulo original: Business model generation. ISBN: 978-972-20-4497-4.